Bancos de sangue precisam de doações em meio à pandemia

  • Por Jovem Pan
  • 19/03/2020 07h10 - Atualizado em 19/03/2020 08h50
Cristino Martins/ Ag. Pará Cristino Martins/ Ag. Pará As doações atendem a um pedido do coordenador do Centro de Contingência do Coronavírus em São Paulo, o infectologista David Uip

Mesmo com a pandemia do novo coronavírus, os paulistas se mobilizaram para fazer doações de sangue nesta quarta-feira (18). A Fundação Pró-Sangue, por exemplo, que é vinculada à Secretaria da Saúde e atende mais de 100 instituições públicas, está operando com apenas 40% da reserva sanguínea necessária.

Ao saber disso, a publicitária Fernanda Peixoto Farah, que está em quarentena voluntária, resolveu sair de casa para fazer a doação. Ela foi até o Hospital Central da Santa Casa de São Paulo, na Vila Buarque.

“Eu moro aqui perto da Santa Casa então para mim foi fácil, eu fui andando. Lá foi tudo muito tranquilo, eu não me senti em risco em nenhum momento. O prédio de doação de sangue fica do outro lado da rua. Tem álcool gel em todo lugar, você vê todo mundo lavando a mão.”

Assim como a publicitária, alunos da Escola Superior de Soldados da Polícia Militar de São Paulo planejaram três dias de mobilização para doação de sangue. No total, são esperados 180 PMs doadores até sexta-feira (20).

As doações atendem a um pedido do coordenador do Centro de Contingência do Coronavírus em São Paulo, o infectologista David Uip. Em coletiva de imprensa nesta semana, o médico afirmou que os bancos de sangue do Estado estão quase desabastecidos.

Uip ressaltou que os postos de recolhimento de sangue são absolutamente seguros para a população.

Para impulsionar as doações, a Fundação Pró-Sangue ampliou seu agendamento individual.

Segundo a médica Renata Barros, que atende na instituição, a ação visa diminuir o tempo de permanência dos candidatos nas unidades de coleta e evitar a aglomeração de pessoas. “Você pode agendar sua doação garantindo um tempo pequeno conosco. Mesmo assim, os postos não há prevalência aumentada do covid-19.”

Barros ressalta, também, que a sala de espera nos postos de doação foram redimensionadas para evitar contato próximo, e álcool gel foi disponibilizado. Para agendar sua doação, basta acessar o site.

Quem doar precisa estar em boas condições de saúde, ter no mínimo 50 quilos, entre 16 e 69 anos e apresentar documento original com foto.

*Com informações da repórter Beatriz Manfredini