Bancos mantêm trajetória de aumento da rentabilidade, diz BC

  • Por Jovem Pan
  • 11/10/2019 08h13
REUTERS/Ueslei MarcelinoOs bancos lucraram no Brasil R$ 109 bilhões em 12 meses, o maior valor em 25 anos

A rentabilidade das instituições financeiras continua crescendo, mas demonstra sinais de desaceleração. Esse é o apontamento do Relatório de Estabilidade Financeira do Banco Central do Brasil.

O Retorno sobre o Patrimônio Líquido, indicador que mede a rentabilidade do dinheiro investido pelos acionistas do sistema bancário, alcançou 15,8% em junho deste ano, contra 14,3% no mesmo período do ano passado.

O diretor de fiscalização do BC, Paulo Souza atribui este cenário especialmente à retomada do crescimento da carteira de crédito.

“Os aumentos recentes da rentabilidade foram influenciados pela retomada gradual do crescimento da carteira de crédito, com maior participação do crédito às famílias e pequenas e médias empresas. As simulações continuam demonstrando que os bancos brasileiros possuem capacidade para enfrentar situações de stress e o mercado continua confiando na robustez e na capacidade de absorção de choques pelo sistema financeiro.”

No caso dos bancos públicos, o indicador chegou a 14,3 % no final do último semestre. Já os bancos privados tiveram um índice maior, com 16,5%.

O documento destaca ainda os riscos associados ao cenário internacional, que ganharam importância com o acirramento da guerra comercial entre Estados Unidos e China, e das preocupações crescentes com a desaceleração da atividade econômica global.

Os bancos lucraram no Brasil R$ 109 bilhões em 12 meses, o maior valor em 25 anos.

*Com informações do repórter Daniel Lian