Barroso deve receber defesa de Lula para impugnações de candidatura nesta sexta (31)

  • Por Jovem Pan
  • 27/08/2018 06h13
EFE/Hedeson AlvesA partir daí, o ministro vai decidir se leva o julgamento diretamente ao plenário do TSE, como é a tendência, ou se, monocraticamente, nega o registro

Na sexta-feira (31), o ministro Luís Roberto Barroso recebe a defesa de Lula sobre os argumentos na tentativa de uma candidatura sub judice contra a Lei Ficha Limpa. A partir daí, o ministro vai decidir se leva o julgamento diretamente ao plenário do TSE, como é a tendência, ou se, monocraticamente, nega o registro.

São os trâmites e prazos para impugnações e notícias de inelegibilidade apresentados contra o ex-presidente.

A defesa do petista contratou dois advogados de peso: ex-ministros do Tribunal Superior Eleitoral.

Também foram apresentadas ações contra os candidatos, Jair Bolsonaro, Henrique Meirelles e Geraldo Alckmin, sobre as coligações partidárias.

Os candidatos já estão em campanha, mas o horário eleitoral começa dia 31. A expectativa é de que nesta nova fase o panorama político mude, mas a indicação é de que a postura do eleitor não acompanha as características antigas da política.

A disputa maior na eleição está na guerra entre horário eleitoral e a internet e suas mídias sociais.

Confira a cobertura completa das Eleições 2018

*Informações do repórter José Maria Trindade