Bate-boca na Câmara adia votação sobre leis dos agrotóxicos

  • Por Jovem Pan
  • 17/05/2018 09h07
Reprodução/FacebookDeputado Ivan Valente (PSOL-SP) cusou a bancada ruralista de fazer lobby com a indústria de agrotóxicos

A votação de um projeto que altera as leis da utilização de agrotóxicos no País foi adiada novamente, mas dessa vez, por causa de discussões entre os parlamentares. A sessão desta quarta-feira (16) foi marcada por bate-boca entre ambientalistas – contrários às propostas – e ruralistas – favoráveis aos projetos.

O debate ficou mais acalorado durante o pronunciamento do deputado Ivan Valente (PSOL-SP) que acusou a bancada ruralista de fazer lobby com a indústria de agrotóxicos. O microfone dele e de alguns parlamentares chegou a ser fechado por causa das discussões, enquanto a presidente da Comissão Tereza Cristina pedia respeito.

Os projetos que deveriam ser discutidos sugerem a liberação de produtos pelo Ministério da Agricultura mesmo se órgãos reguladores, como o Ibama e a Anvisa, ainda não tiverem concluído a análise. Propõe ainda a substituição do termo “agrotóxico” por “produto fitossanitário” ou “de controle ambiental” e a criação da Política Nacional de Apoio ao Agrotóxico Natural.

O Ministério Público Federal, Ministério Público do Trabalho, Ibama, Fiocruz e Anvisa se posicionaram contra os Projetos que alteram a lei da utilização dos agrotóxicos.

*Com informações da repórter Nanny Cox