Bolsonaro canta com a mãe e se emociona ao voltar ao Vale do Ribeira

  • Por Jovem Pan
  • 21/06/2019 09h06 - Atualizado em 21/06/2019 13h21
Alan Santos/PRO presidente Jair Bolsonaro ainda comentou a atuação de Moro na CCJ sobre o vazamento de mensagens

O presidente Jair Bolsonaro aproveitou o feriado de Corpus Christi para visitar amigos e familiares no interior de São Paulo. Acompanhado do filho Eduardo Bolsonaro, do ministro de Minas e Energia, Almirante Bento Albuquerque, e do deputado Marco Feliciano, o presidente chegou de helicóptero logo pela manhã em Eldorado, cidade em que foi criado.

Ainda durante o pouso, Bolsonaro se emocionou ao ser recepcionado na terra natal. Em meio a fogos, aplausos e gritos de ‘mito’, o presidente cumprimentou moradores, tirou fotos e depois caminhou pelas ruas da cidade.

Mais tarde, Bolsonaro visitou a mãe, Olinda Bonturi, de 92 anos, e compartilhou o momento pelas redes sociais. Após o encontro, o presidente ainda visitou a cidade de Miracatu, onde almoçou com o irmão, Renato Bolsonaro.

Abordado por jornalistas, ele respondeu algumas perguntas sobre a participação do ministro da Justiça na Comissão de Constituição e Justiça do Senado.
Moro prestou esclarecimentos sobre o vazamento de conversas que teve com procurados de Lava Jato enquanto era juiz federal. Aos senadores o ministro negou qualquer ilícito, mas disse que se houver alguma irregularidade pode deixar o cargo.

O presidente Jair Bolsonaro afirmou que Moro subiu no conceito dele após a CCJ e reforçou ter confiança no ministro.

Bolsonaro afirmou ainda que não vê nada de anormal na troca de mensagens e ainda questionou a veracidade dos diálogos vazados.

*Com informações do repórter Vinícius Moura