Bolsonaro chega de Israel nesta quarta (03) e tem encontro agendado com presidentes de partidos

  • Por Jovem Pan
  • 03/04/2019 06h01
Alan Santos/PROs presidentes das siglas chegarão ao Palácio do Planalto concordando com o relacionamento republicano

O presidente Jair Bolsonaro antecipou em cerca de duas horas a sua volta de Israel e nesta quinta-feira (04) já começa a se encontrar com presidentes de partidos políticos. É uma abertura, mas não um “troca-troca”.

Os presidentes das siglas chegarão ao Palácio do Planalto concordando com o relacionamento republicano, e aliados até aqui devem declarar ao presidente independência política – uma reação clara ao afastamento do presidente dos debates e articulações.

Os líderes estão certos de que o Governo ataca o Congresso e passa a impressão de que a articulação política é chantagem e que deputados só pensam em vantagens pessoais.

O quadro dá ao Congresso uma independência. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, chamou líderes e definiu a pauta de votação concluindo o projeto de novas regras a partidos. O resultado foi a autoanistia para deputados e dirigentes que não investiram recursos para a promoção de candidaturas de mulheres.

Houve também a definição de que nesta fase, na Comissão de Constituição e Justiça, a reforma da Previdência não sofrerá mudanças no texto, e depois, na comissão especial, se discute um novo projeto.

*Informações do repórter José Maria Trindade