Bolsonaro defende atuação de policiais e diz que quer ‘mexer no Código Penal’

  • Por Jovem Pan
  • 17/10/2018 06h36
Reprodução/SBT“Policial hoje em dia tem que esperar o bandido atirar para reagir. Isso não pode continuar acontecendo, por isso queremos mexer no Código Penal”, disse

O candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, disse que, se eleito, vai propor alterações no Código Penal. O presidenciável defendeu, em entrevista ao SBT, na noite desta terça-feira (16), a atuação dos policiais: “Policial hoje em dia tem que esperar o bandido atirar para reagir. Isso não pode continuar acontecendo, por isso queremos mexer no Código Penal”.

Bolsonaro, que se eleito poderá indicar ao menos dois ministros para o Supremo Tribunal Federal, disse que escolheria magistrados do perfil do juiz Sérgio Moro.
O candidato também defendeu a atuação da Polícia Federal: “tem que dar autonomia para elas e meios para poder trabalhar. Ela tem aqueles pequenos senões de alguma politização da PF. Tem que deixar existir”.

Bolsonaro disse que, caso assuma o Palácio do Planalto, vai propor uma outra Reforma da Previdência porque entende que o texto atual dificilmente será aprovado.

O deputado defendeu as privatizações e disse que não pretende aumentar impostos.

O candidato também continua fazendo campanha pela internet. Em postagens nas redes sociais ele atacou a imprensa dizendo que “há um claro descaso de parte da mídia com agressões sofridas [pelos seus] apoiadores”. Em outra publicação, Bolsonaro ainda afirmou que é contra saidinhas nas prisões, ideologia de gênero e doutrinação nas escolas.

Confira a cobertura completa das Eleições 2018

*Informações do repórter Afonso Marangoni