Bolsonaro recebe presidente da Câmara da Argentina e fica próximo de 1º encontro com Fernández

  • Por Jovem Pan
  • 05/03/2020 06h34 - Atualizado em 05/03/2020 08h41
Carolina Antunes/PRInicialmente, estava previsto um encontro durante a posse do presidente uruguaio, Luis Lacalle Pou. No entanto, Fernández não compareceu

A primeira reunião entre os presidentes do Brasil, Jair Bolsonaro, e da Argentina, Alberto Fernández, deve acontecer na fronteira entre os dois países. O encontro, que inicialmente estava previsto para o domingo (29) ainda terá data definida.

A indicação é do ministro da secretaria de governo, Luiz Eduardo Ramos, após encontro entre Bolsonaro e o presidente da Câmara dos Deputados da Argentina, Sergio Massa, nesta quarta-feira (5), no Palácio do Planalto.

Massa veio ao Brasil liderando uma comitiva de parlamentares para tratar de diversos assuntos de interesse mútuo, entre eles o tratado de livre-comércio com a União Europeia, a eliminação de cobrança de roaming no uso de telefones celulares e um acordo de facilitação aduaneira.

A conversa entre Massa e Bolsonaro foi articulada pelo presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia, e pelo ministro Ramos. Em entrevista coletiva ao lado do colega argentino, Maia afirmou que o encontro foi “muito agradável”.

“Viemos agora de uma audiência com o presidente da república Jair Bolsonaro. Foi uma audiência muito produtiva, mostrando que o Brasil e a Argentina certamente continuarão caminhando juntos nos próximos anos.”

No cargo há quase três meses, Alberto Fernandez ainda não se reuniu com o presidente brasileiro. Inicialmente, estava previsto um encontro durante a posse do presidente uruguaio, Luis Lacalle Pou, que aconteceu no domingo (29). No entanto, Fernández não compareceu.

O local e data da reunião entre Jair Bolsonaro e Alberto Fernández ainda serão definidos.

*Com informações da repórter Letícia Santini.