Braga Netto diz que RJ não precisará de intervenção em 2019 se cumprir planejamento de militares

  • Por Jovem Pan
  • 22/06/2018 07h06
Tomaz Silva/Agência BrasilPara que este trabalho continue dando certo e tenha continuidade, a segurança do RJ deve ficar imune à indicações políticas

A intervenção na área de segurança do Rio de Janeiro não precisará ter continuidade no próximo Governo caso as autoridades sigam à risca o planejamento estratégico montado pelos militares.

A declaração foi dada nesta quinta-feira (21) pelo general interventor Walter Braga Netto, em entrevista exclusiva à Jovem Pan. Ele lembrou que, no mês passado, entregou ao presidente Michel Temer um plano estratégico, que vai ficar como legado para os futuros governantes.

A intervenção termina no dia 31 de dezembro deste ano. O plano reorganiza a área de segurança e dá nova esperança a quem mora no Estado. Braga Netto afirmou que a intervenção já começa a trazer resultados positivos e que vai entregar um Estado mais seguro do que aquele que recebeu em fevereiro.

Para que este trabalho continue dando certo e tenha continuidade, a segurança do RJ deve ficar imune à indicações políticas.

*Informações do repórter Rodrigo Viga