Brasil enfrentará queda significativa no turismo mesmo no pós-pandemia, diz estudo

O levantamento, realizado pela agência Interamerican Network, demonstra que a percepção de segurança e confiança dos turistas no Brasil despencou 40%

  • Por Jovem Pan
  • 06/07/2020 06h09 - Atualizado em 06/07/2020 08h36
Fernando Vivas/Governo da BahiaPara os empresários do setor, a expectativa é que os brasileiros passem a viajar mais pelo país no próximos meses

Mesmo após o fim da pandemia da Covid-19, o Brasil não deve recuperar o número de visitantes estrangeiros do período anterior à crise. Um estudo, realizado pela agência Interamerican Network, demonstra que a percepção de segurança e confiança dos turistas no Brasil despencou 40%. Dados também mostram que turistas de países vizinhos não têm intenção de visitar o Brasil tão cedo. O país aparece em 5º lugar para argentinos, chilenos e mexicanos; e em penúltimo lugar para colombianos e peruanos.

Para a presidente da Interamerican Network, Danielle Roman, a forma como o governo brasileiro tem lidado com a crise é um dos motivos que explicam esse cenário. Ela acredita que o turismo de negócios também deve sofrer uma queda, já que as empresas não vão expor os funcionários ao risco de se infectar durante a viagem. O sucesso das reuniões virtuais também já

Para os empresários do setor, a expectativa é que os brasileiros passem a viajar mais pelo país no próximos meses. Segundo Danielle, cidades litorâneas terão prioridade na escolha do destino. Ela ressalta, porém, que as empresas terão que reduzir preços para incentivar os viajantes.

A empresária afirma que, neste momento, a colaboração entre os setores público e privado é fundamental para a recuperação do setor.  Danielle Roman ressalta que os países devem investir em selos de segurança e protocolos sanitários para que as pessoas percam o medo de viajar.

*Com informações da repórter Letícia Santini