Brasileiro que mora em Wuhan diz que há cautela, mas que vida ‘voltou ao normal’

  • Por Jovem Pan
  • 12/05/2020 09h33
EFE/EPA/ALEX PLAVEVSKIChina já retoma vida normal após superar pandemia

O brasileiro Rodrigo Duarte, que está em Wuhan, na China, primeiro epicentro do novo coronavírus no mundo, há quatro anos, explicou que a vida está sendo retomada após a pandemia.

Em entrevista ao Jornal da Manhã, ele afirmou que “basicamente o dia a dia voltou ao normal”. “Ainda existem medidas de proteção, através de um código no celular se tem controle sobre pessoas que tiveram contato com a doença ou não, existe um cuidado, mas voltou a grande maioria do comércio, menos alguns locais como escolas ainda estão se reestruturando.”

O professor de judô ainda contou que os novos casos registrados em Wuhan ainda não preocupam, apesar da possibilidade de uma segunda onda de contágio: “Foram apenas 5 casos, em um condomínio apenas, no momento que identificaram, o governo tornou as decisões de sanar o local.”

Agora, Rodrigo espera para retomar as suas atividades – ainda sem previsão – e mantém contato com a família, que está no Brasil. “Mandei máscaras pra casa, em termos de se preparar e os cuidados de evitar contato físico, chegar em casa e fazer limpeza total, passei toda informação que eu tive, estou preocupado, mas eles foram bem informados.”