Brexit: Após novo impasse nas negociações, May sofre críticas até de integrantes de seu partido

  • Por Ulisses Neto/Jovem Pan
  • 15/10/2018 09h35
EFEMay está sofrendo críticas por todos os lados, principalmente dos integrantes de seu próprio partido que sentem a oportunidade de tomar o poder

Imaginem um jogo de xadrez onde só sobrou o rei para um dos lados. Não dá para fazer muita coisa a não ser mexer a peça uma casa por vez e esperar o inevitável xeque-mate. É assim que a situação da primeira-ministra britânica, Theresa May, está sendo descrita nos jornais aqui da Inglaterra hoje.

Depois de mais um impasse nas negociações com os europeus, May está sofrendo críticas por todos os lados, principalmente dos integrantes de seu próprio partido que sentem a oportunidade de tomar o poder.

Havia a expectativa de que um acordo sobre a fronteira das Irlandas fosse firmado às vésperas da reunião de cúpula da União Europeia na próxima quarta-feira.

Mas neste domingo (14) à noite ficou claro que isso não ocorrerá e um dos pontos principais da negociação segue sem nenhuma perspectiva de acordo.

A fronteira entre a Irlanda do Norte e a Irlanda não poderá ficar aberta do jeito que é hoje após o Brexit. Mas colocar um controle físico na região pode colocar em risco o processo de paz entre protestantes e católicos depois de anos de um conflito sangrento.

As alternativas burocráticas são escassas e May está num beco quase sem saída.

Acontece que o planeta terra segue girando normalmente e o Brexit se aproxima sem uma solução clara e, pior, sem um plano em prática para que a população britânica se prepare para o que está por vir.