Bruno Covas diz estar tomando azitromicina em tratamento contra o coronavírus

  • Por Jovem Pan
  • 16/06/2020 06h47
ROGÉRIO GALASSE/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDOBruno Covas ainda alertou que todo medicamento deve ser receitado por um médico. O prefeito da capital paulista testou positivo para a Covid-19 no sábado (13)

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, disse estar usando azitromicina no tratamento contra o coronavírus. A medicação é um tipo de antibiótico e, segundo Covas, foi receitada pelo próprio médico dele.

O anúncio foi feito na segunda-feira (15), através de uma rede social. Ele disse que, como político, é necessário transparência e, por isso, revelou qual tratamento está utilizando contra a doença.

O prefeito da capital paulista ainda lamentou o que classificou como politização de medicamentos. Sem citar Jair Bolsonaro, ele fez referência à fala do presidente, considerando que “remédio não é de esquerda ou de direita”. Recentemente, Bolsonaro disse que quem tem posicionamento político de “direita toma cloroquina, e quem é de esquerda toma tubaína”.

Bruno Covas ainda alertou que todo medicamento deve ser receitado por um médico. O prefeito da capital paulista testou positivo para a Covid-19 no sábado (13). Ele não apresentou sintomas da doença e disse não estar sentindo dor.

O diagnóstico de coronavírus vem no mesmo momento em que Covas luta contra um câncer. Em outubro do ano passado, ele foi diagnosticado, inicialmente, com um tumor na cárdia, região de transição entre o esôfago e o estômago.

Bruno passou por quimioterapias e, atualmente, continuam o tratamento com imunoterápicos. Ele manterá a rotina de atividades da prefeitura em isolamento e permanecerá em observação pelo corpo clínico que o atende.

*Com informações da repórter Camila Yunes