Buracos atrapalham a rotina de motoristas e pedestres em São Paulo

Moradores da capital paulista reclamam de quedas quando caminham e problemas nos veículos quando dirigem

  • Por Jovem Pan
  • 31/03/2022 19h09
Reprodução/Jovem Pan News Buraco em asfalto de rua em São Paulo, com dois carros passando Devido aos buracos, Prefeitura de São Paulo é alvo de críticas de pedestres e motoristas

Um velho problema continua prejudicando São Paulo: os buracos nas ruas. Segundo a prefeitura, o assunto é um dos que mais levam os munícipes a acionarem a Central 156, canal telefônico disponível para moradores reclamarem de problemas de zeladoria da cidade. Os buracos prejudicam tanto quem está a pé, com risco de quedas, quanto quem dirige, que precisa lidar com problemas na manutenção dos veículos. “Os buracos atrapalham bastante o escoamento, fura pneu, atrapalha logística, atrapalha tudo, o frete encarece. Quando chove, eles abrem instantaneamente”, relata o empresário Marcelo Etiene, dono de uma distribuidora de alimentos. Para quem roda muito, o desejo de transitar apenas em vias lisas, sem obstáculos, fica apenas no sonho. O taxista Carlos Bueno, por exemplo, conta que o problema independe de bairro ou região.

No caso dos pedestres, é necessário atenção redobrada para evitar se machucar. “Já torci o pé, já quebrei salto. É bem complicado, tem muitos buracos e não tem manutenção. A prefeitura deixa um pouco a desejar”, critica a supervisora administrativa Alessandra de Oliveira Lins. “O IPTU que a gente paga é altíssimo. Parece que o asfalto colocado aqui não é compatível com o que a região necessita”, reclama o empresário Marcelo Etiene.

*Com informações do repórter Daniel Lian