Caixa amplia possibilidade de correção de dados do auxílio emergencial

  • Por Jovem Pan
  • 28/05/2020 06h15 - Atualizado em 28/05/2020 07h51
Bruno Cruz/Estadão ConteúdoA Caixa finaliza, nesta semana, o pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial para beneficiários do Bolsa Família

Brasileiros que tiveram o pedido de auxílio emergencial negado poderão corrigir informações ou fazer novas solicitações pelo aplicativo da Caixa. O banco abriu três possibilidade: ajustar dados inconclusivos, contestar a negativa ou solicitar novamente o benefício.

Em todos os casos, é preciso fazer o login no aplicativo com as informações já prestadas e vai aparecer uma mensagem com orientações. A opção de fazer uma nova solicitação deve ser usada quando houver necessidade de corrigir algum dado.

A contestação pode ser feita quando o cidadão não concordar com o motivo apresentado pela DataPrev para negar o benefício. Mas atenção: a contestação só pode ser feita uma vez.

Já em casos de dados inconclusivos, o aplicativo não especifica a informação incorreta.

Entre as possibilidades estão: preenchimento errado de dados de familiares, informações diferentes entre a primeira e segunda solicitação e informações de sexo masculino ou feminino diferentes do que estão nas bases do governo.

Pessoas que marcaram ser chefes de família e não indicaram outros membros também precisam corrigir no aplicativo. Nos três casos, a solicitação volta para análise da DataPrev, processo que pode ser acompanhado pela própria plataforma.

A Caixa finaliza, nesta semana, o pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial para beneficiários do Bolsa Família e a primeira parcela para cadastros aprovados depois do dia 30 de abril.

Saques de quem já recebeu a segunda parcela pela Poupança Social Digital podem ser feitos a partir deste sábado, de acordo com o mês de nascimento. Mais de duas mil agências estarão abertas das 8 horas da manhã até meio dia.

Aniversariantes de janeiro já poderão sacar o valor nesta semana, enquanto nascidos em fevereiro terão acesso ao valor em unidades físicas na segunda-feira. Os pagamentos seguem até dia 13 de junho, quando nascidos em dezembro podem buscar agências da Caixa ou lotéricas.

Beneficiários que receberam a primeira parcela do auxílio devem esperar um novo calendário para o pagamento da segunda etapa.

A terceira ainda não foi divulgada.

*Com informações da repórter Nanny Cox