Caixa começa a pagar nesta segunda benefício a pescadores afetados pelo vazamento de óleo

  • Por Jovem Pan
  • 16/12/2019 06h29 - Atualizado em 16/12/2019 08h27
EFE/MARCOS RODRIGUESPara sacar o valor é necessário apresentar o cartão social em qualquer canal da Caixa, como Casas Lotéricas, terminais de autoatendimento e correspondentes

A Caixa Econômica Federal começa a pagar, nesta segunda-feira (16), a primeira parcela do auxílio emergencial aos pescadores que foram afetados pelo vazamento de óleo no litoral do país.

Ao menos 65 mil profissionais registrados podem receber o benefício de R$ 1996, que será pago em duas parcelas. É necessário estar inscrito no Registro Geral da Atividade Pesqueira, em situação ativa nas categorias peixes, crustáceos ou moluscos.

O auxílio beneficia profissionais que atuam em municípios dos nove estados do Nordeste, do Rio de Janeiro e do Espírito Santo. Apenas aqueles que tiveram prejuízos até a data em que a Medida Provisória foi editada pelo governo podem ter acesso à indenização.

Para sacar o valor é necessário apresentar o cartão social em qualquer canal da Caixa, como Casas Lotéricas, terminais de autoatendimento e correspondentes.
Aqueles que não tem o cartão podem sacar em qualquer agência do banco, com documento de identificação com foto.

O pagamento vai ser feito até o dia 23 de dezembro.

De acordo com o Ministério da Agricultura, o auxílio emergencial pecuniário não interfere no recebimento de outros benefícios financeiros, como o Bolsa Família ou o Seguro Defeso.

Segundo o mais recente balanço do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente, o IBAMA, mais de 900 pontos do litoral do Nordeste e estados do Sudeste já foram atingidos pelo vazamento.

A origem do óleo é desconhecida e as investigações ainda não apontaram o que causou o maior desastre ambiental do litoral do país.

*Com informações da repórter Letícia Santini