Câmara dos Vereadores de São Paulo pode abrir CPI para investigar aumento abusivo no IPTU

  • Por Jovem Pan
  • 20/02/2019 06h33
Divulgação/ANPVO vereador José Police Neto (PSD) colhe assinaturas para a abertura de uma CPI sobre o assunto na Casa

A Câmara dos Vereadores de São Paulo pode abrir uma CPI para investigar o aumento de até 50% no IPTU. A Prefeitura da Capital já admitiu que houve falha no sistema da Secretaria da Fazenda, que demorou três anos para corrigir os valores do imposto.

Com isso, a cobrança para cerca de 90 mil imóveis da cidade veio com o reajuste que estava represado desde 2016.

O vereador José Police Neto (PSD) colhe assinaturas para a abertura de uma CPI sobre o assunto na Casa e quer saber a extensão dos erros cometidos pela administração: “ficou claro o reconhecimento do erro, mas em pedacinho. Muitos outros erros podem ter sido cometidos. Esse erro cobrou mais ou a menos?”.

O prefeito Bruno Covas tratou do aumento do IPTU nesta terça-feira na reunião mensal que mantém com o presidente da Câmara e outros líderes partidários. Ele deixou o encontro sem conversar com os jornalistas que estavam no Palácio Anchieta.

*Informações do repórter Tiago Muniz