Candidato do MDB à Presidência, Meirelles defende criação de imposto sobre dividendos

  • Por Jovem Pan
  • 28/08/2018 07h01
EFE/Laurent GillieronO emedebista é um dos postulantes mais próximos do mercado financeiro

O ex-ministro da Fazenda Henrique Meirelles, candidato à Presidência da República pelo MDB, defendeu um dos pontos de sua proposta econômica: a criação de um imposto sobre dividendos, a parcela do lucro de uma empresa que é dividida entre os acionistas.

O emedebista é um dos postulantes mais próximos do mercado financeiro.

A medida foi apontada pelo presidenciável como uma forma de aumentar a produção industrial e gerar empregos.

Segundo ele, uma possível consequência seria a queda dos impostos sobre as operações e produção da empresa.

Após uma sabatina para a EBC, Meirelles pontuou que o tributo sobre a distribuição valeria para todo tipo de acionista. “No momento em que pudermos taxar os dividendos, as pessoas que recebem hoje também deverão pagar imposto. Não só as grandes fortunas, mas médias e pequenas também”, disse.

O ex-ministro também defendeu uma mudança na tributação dos fundos exclusivos de investimento como forma de aumentar a arrecadação. Nesta terça-feira (28), Henrique Meirelles continua cumprindo agenda no Distrito Federal, em Taguatinga.

Confira a cobertura completa das Eleições 2018

*Informações do repórter Levy Guimarães