Candidatos ao governo de SP têm agenda cheia no fim de semana

  • Por Jovem Pan
  • 27/08/2018 07h07 - Atualizado em 27/08/2018 12h08
Andy Santana/Estadão Conteúdo Candidato pelo MDB, Paulo Skaf esteve em Itaquaquecetuba no sábado, onde participou de um evento que discutiu temas como violência doméstica

A agenda dos principais candidatos ao Palácio dos Bandeirantes neste final de semana em São Paulo.

Os candidatos que figuram no topo das intenções de voto para o governo de São Paulo tiveram agenda cheia neste final de semana. O atual governador do Estado, Márcio França, esteve em Guarulhos, onde prometeu abrir os ambulatórios médicos de especialidades também aos finais de semana.

Ele falou de educação e declarou que, se eleito, vai garantir faculdade pública para todos. O candidato do PSB também alegou que São Paulo precisa de um governador que já passou dificuldades.

João Doria esteve em Holambra, no interior do Estado, onde visitou a Expoflora. O candidato do PSDB elogiou a exposição, tirou fotos com os moradores, trocou abraços e fez promessas para o turismo na região.

Candidato pelo MDB, Paulo Skaf esteve em Itaquaquecetuba no sábado, onde participou de um evento que discutiu temas como violência doméstica. Skaf prometeu ampliar o número de delegacias da mulher e esticar o horário de funcionamento, para atendimento 24 horas.

Também pretende implementar o projeto de promotoras legais, que será um programa da Secretaria de Justiça do Estado.

Luiz Marinho esteve em Piracicaba, no sábado, e em Americana neste domingo. O candidato ao governo do Estado pelo PT prometeu dobrar o salário dos professores e aproveitou o palanque para criticar a gestão tucana em São Paulo.

Marinho disse que atuará para fazer o “Estado presente na vida das famílias”. O petista participou do evento durante a manhã e depois seguiu para São Bernardo do Campo.

Confira a cobertura completa das Eleições 2018

*Informações da repórter Marcella Lourenzetto