Candidaturas do PSL são investigadas por PF e MP do Rio de Janeiro

  • Por Jovem Pan
  • 18/10/2019 07h26
Reprodução/Site OficialAs suspeitas envolvem dois suplentes deputados federais e um deputado estadual na ativa, ainda em exercício na Alerj

Suspeitas de irregularidades em três candidaturas do PSL-RJ na eleição de 2018 estão sendo investigadas pela Polícia Federal. A autorização para investigação foi dada pelo Tribunal Regional Eleitoral apos denuncia feita pelo MP-RJ e pelo MP Eleitoral.

As suspeitas envolvem dois suplentes deputados federais e um deputado estadual na ativa, ainda em exercício na Alerj. Ele atende pelo nome de Marcelo do seu Dino.

Os deputados suplentes são Raquel Niedermeyer e Clébio Lopes Pereira “Jacaré. Segundo investigações, as suspeitas envolvem o uso de candidaturas laranjas na eleição passada e o uso de caixa 2.

O PSL-RJ já foi informado da abertura do inquérito por parte da PF. Paralelamente o Ministério Público também segue com investigações.

O presidente da sigla no Rio de Janeiro, Flávio Bolsonaro, disse que cada parlamentar é responsável por sua prestação de contas junto à Justiça Eleitoral.

Ele afirmou também que a legenda não compactua com ilegalidades e ilícitos – e que se tudo o que foi levantado for confirmado, o partido tomara as medidas necessárias e cabíveis.

*Com informações do repórter Rodrigo Viga