Cantareira registra volume abaixo na comparação com o ano passado

  • Por Jovem Pan
  • 30/03/2018 11h41
Rovena Rosa/Agência BrasilSistema Cantareira abastece 9 milhões de pessoas e tem 54,3% de reservação

Apesar da chuva em março em São Paulo, o Cantareira está com volume 10% na comparação com o nível de igual período de 2017. De acordo com a Sabesp, o sistema tem 54,3% de reservação, sendo que há um ano o armazenamento chegava a 66%.

Cerca de 9 milhões de pessoas na Região Metropolitana recebem água do manancial. O chefe do Departamento de Recursos Hídricos da Unicamp, Antonio Carlos Zuffo, considera o quadro preocupante. “Todo esse período de primavera e verão, em que se espera uma recomposição desses volumes, foi de menos 3% de recuperação. Atualmente, estamos com 54,43%. Já terminou o período chuvoso e entramos no outono”, revelou.

O professor relembra ainda que a chuva em abril é, em média, 50%  inferior da verificada em março. O meteorologista do IAG da USP, Augusto José Pereira, explica que as precipitações serão irregulares nos próximos meses. “No inverno, de fato, chove menos. Então o impacto dessa diminuição não é tão significativo”, declarou.

Pereira, acrescenta que, a partir de agora, a condição de seca aumenta na América do Sul e na Austrália. As represas que fazem parte do Cantareira vem perdendo reserva desde 2011, quando o sistema estava com 96,4% da capacidade.