Capes pode ficar sem recursos para pagar bolsas de pesquisadores em 2019

  • Por Jovem Pan
  • 03/08/2018 08h06
PixabayO presidente Michel Temer tem até a próxima semana para sancionar o Projeto de Lei Orçamentária Anual referente a 2019, que pode afetar repasses ao MEC

O Capes, órgão ligado ao Ministério da Educação e responsável por incentivar à pesquisa e formação de docentes, informou que pode ficar sem dinheiro para pagar bolsas a partir de agosto de 2019.

Em carta enviada, nesta quinta-feira (02), ao ministro da Educação, Rossieli Soares, o presidente do Conselho Superior do Capes, Abílio Baeta, pediu que o orçamento do ano que vem não sofra cortes.

Isso porque o Ministério do Planejamento revelou que pretende reduzir o orçamento do MEC para despesas não obrigatórias em aproximadamente 11%.
Cerca de 93 mil alunos e pesquisadores de mestrado, doutorado e pós-doutorado podem ser afetados.

A professora titular de Genética do Instituto de Biociências da USP, Mayana Zatz, disse que a notícia gera preocupação.

A médica afirmou que a situação é ainda mais preocupante fora de São Paulo, onde a maioria dos pesquisadores depende das bolsas do Capes para continuar as pesquisas.

O presidente Michel Temer tem até a próxima semana para sancionar o Projeto de Lei Orçamentária Anual referente a 2019, que pode afetar repasses ao MEC.

*Informações do repórter Afonso Marangoni