Capitão do Exército surta e ameaça se matar dentro de agência dos Correios no RJ

  • Por Jovem Pan
  • 09/03/2018 09h31
ReproduçãoUm capitão do Exército ficou revoltado ao saber que sua correspondência ainda não tinha chegado ao destino, em Benfica, na Zona Norte

Capitão do Exército surta dentro de agência dos Correios, saca arma, ameaça matar funcionários e, depois, tenta se suicidar. Isso aconteceu nesta quinta-feira (08) em uma agência dos Correios em Maricá, na região metropolitana do Rio de Janeiro.

Um capitão do Exército ficou revoltado ao saber que sua correspondência ainda não tinha chegado ao destino, em Benfica, na Zona Norte. Ele começou a discutir com os funcionários e, em meio ao bate-boca, sacou uma arma e começou a apontar para os empregados, que ficaram em pânico.

Em seguida, o capitão apontou a arma para si mesmo e ameaçou se matar. A Polícia foi acionada, e o BOPE foi ao local para as negociações.

Depois de mais de quatro horas, ele resolveu se entregar e foi encaminhado a uma unidade psiquiátrica do Exército.

Os Correios informaram que a correspondência do militar foi até o destino, mas o endereço informado não foi encontrado. A correspondência, por isso, voltou à agência em Maricá.

*Informações do repórter Rodrigo Viga