Cármen Lúcia suspende posse de Cristiane Brasil marcada para esta segunda

  • Por Jovem Pan
  • 22/01/2018 06h12
Gilmar Felix /Câmara dos DeputadosA cerimônia estava marcada para esta segunda-feira (22) no Palácio do Planalto e foi suspensa pela ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal

Só mesmo o ministro Gilmar Mendes para que a deputada Cristiane Brasil, filha do presidente do PTB, o deputado cassado Roberto Jéferson, que foi condenado no mensalão, possa tomar posse no Ministério do Trabalho.

A cerimônia estava marcada para esta segunda-feira (22) no Palácio do Planalto e foi suspensa pela ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal. É uma decisão liminar, e Gilmar Mendes é o relator sorteado para o pedido, mas o STF só volta aos trabalhos no mês que vem. Cármen Lúcia está de plantão durante o recesso dos tribunais superiores.

O presidente Michel Temer quer fazer um afago ao delator do mensalão, Roberto Jefferson.

A Justiça Federal já havia decidido contra a posse da deputada, o STJ autorizou a posse para esta segunda e nesta madrugada, Cármen Lúcia decidiu a favor do pedido do grupo de advogados que sustenta ser contra a moralidade pública uma ministra do Trabalho com reclamações trabalhistas.

Até integrantes do PTB admitem que essa queda de braços constrange e desgasta Governo e partido.

*Informações do repórter José Maria Trindade