Carnaval no RJ: Liesa decide não rebaixar Império Serrano e Grande Rio

  • Por Jovem Pan
  • 01/03/2018 07h42
EFEPelo regulamento deste ano, a 13ª e 12ª escolas seriam rebaixadas, no caso, Império Serrano e Acadêmicos do Grande Rio

Virada de mesa no Carnaval do Rio de Janeiro. Pelo segundo ano consecutivo não haverá rebaixamento de escolas para o grupo de acesso. A polêmica decisão foi tomada na noite desta quarta-feira (28) em uma reunião com integrantes da Liga Independente das Escolas de Samba.

Pelo regulamento deste ano, a 13ª e 12ª escolas seriam rebaixadas, no caso, Império Serrano e Acadêmicos do Grande Rio.

Os motivos para se evitar o rebaixamento ainda estão sendo apurados. Sabe-se apenas que a Liesa atendeu a um pedido do poder público para que não houvesse nenhum tipo de rebaixamento.

A Liga Independente das Escolas de Samba informou que esta será a última vez que não haverá rebaixamento no Carnaval do RJ. Em 2017, Unidos da Tijuca e Paraíso do Tuiuti tiveram muitos problemas em alegorias, inclusive acidentes com morte.

A Liesa deve divulgar nesta quinta (1º) mais detalhes sobre o ocorrido. A campeã do grupo de acesso, Viradouro, reivindica participação no Grupo Especial do Carnaval de 2019. O pleito deve ser atendido e, com isso, deverão ser 14 escolas desfilando no ano que vem.

*Informações do repórter Rodrigo Viga