Casal acusado de ter matado zelador em 2014 será julgado em outubro

  • Por Jovem Pan
  • 03/08/2017 08h39
O publicitário Eduardo Martins matou o funcionário do prédio onde morava na Zona Norte de São Paulo depois de uma briga

Juíza define data de julgamento do casal que matou e esquartejou zelador em 2014. Eduardo Tadeu Pinto Martins e Ieda Cristina Cardoso da Silva vão ao banco dos réus a partir das dez da manhã do dia 02 de outubro, uma segunda-feira.

O julgamento está marcado para o plenário Dez do Fórum Criminal da Barra Funda, na Zona Oeste de São Paulo e deve ser presidido pela magistrada Flávia Olivério.

O casal é acusado pelos crimes de homicídio qualificado, ocultação de cadáver, fraude processual e porte de arma de fogo de uso restrito. Eduardo também é acusado por falsificação de documento público.

O assassinato do zelador Jezi Lopes de Souza aconteceu em 30 de maio de 2014.

O publicitário Eduardo Martins matou o funcionário do prédio onde morava na Zona Norte de São Paulo depois de uma briga. Depois do crime, ele transportou o corpo até Praia Grande e foi descoberto pela polícia enquanto as partes esquartejadas eram queimadas no dia 02 de junho daquele ano.

No mesmo dia, a esposa dele, a advogada Ieda Martins, foi presa por suspeitas de envolvimento no caso.

*Informações do repórter Tiago Muniz