Ceagesp fica submersa, marginal Pinheiros travada e linha 9-Esmeralda paralisada

  • Por Jovem Pan
  • 11/02/2020 06h53
Estadão ConteúdoA Marginal Pinheiros ficou intransitável em diversos pontos porque o rio transbordou

A chuva que atingiu a cidade de São Paulo desde a noite de domingo (9) causou estragos nesta segunda-feira (10) — principalmente nas zonas Norte e Oeste da capital paulista. A Marginal Pinheiros ficou intransitável em diversos pontos porque o rio transbordou.

A via, que é uma das mais movimentadas da cidade, chegou a ficar totalmente fechada na altura da ponte Cidade Jardim.

As águas do rio invadiram também a Ceagesp, o maior entreposto de alimentos da América Latina — que ficou alagada, com um dos corredores cheio de melancias boiando. De acordo com o permissionário da Ceagesp, Vicente Menta, ainda não é possível quantificar as perdas e prejuízos.

Ele diz que já havia presenciado uma situação parecida anos atrás, mas que, agora, a proporção foi muito maior. “A diferença é que nesse horário a água já estava abaixando. Diferente de hoje, que ela continua a subir. Realmente está em uma proporção muito maior essa enchente.”

O presidente do SINCAESP, o Sindicato dos Permissionários, Cláudio Furquim, afirmou que os produtos atingidos pela água da chuva serão descartados. Ele disse, porém, que não há risco de desabastecimento.

“Os produtos comprometidos serão descartados e incinerados. O prefeito já se colocou à disposição. Podemos ter a diminuição pontual de alguns produtos, mas não corremos risco de desabastecimento.”

A situação também estava caótica para os usuários de transporte público. A Linha 9 – Esmeralda da CPTM ficou fechada nesta segunda-feira. Passageiros que tentaram entrar pela estação Pinheiros do Metrô se depararam com os portões fechados e com um cartaz avisando que não havia previsão para a reabertura da linha.

*Com informações da repórter Nicole Fusco