Cemitérios do Rio ampliam oferta de gavetas para mortos pela covid-19

  • Por Jovem Pan
  • 29/04/2020 06h59 - Atualizado em 29/04/2020 09h59
EFE/ Antonio LacerdaAs obras chamam a atenção, são blocos e mais blocos com centenas de gavetas e ainda obras de terraplanagem para a expansão

Cemitérios do Rio de Janeiro estão aumentando significativamente a oferta de gavelas para enterros de corpos em suas unidades. São, aproximadamente, cinco mil gavetas nos principais locais da capital carioca.

A administração dos cemitérios informou que, o aumento da oferta, já estava programado antes mesmo da pandemia. Mas com o avanço da doença, que já fez mais de 700 óbitos no Rio de Janeiro, o ritmo de construção foi acelerado.

As obras chamam a atenção, são blocos e mais blocos com centenas de gavetas e ainda obras de terraplanagem para a expansão, caso haja necessidade.

É importante lembrar que Forças Armadas e Vigilância Sanitária já entraram em contato, anteriormente, com a administração das principais cidades do Rio de Janeiro para saber como cada município está se planejando. Entre os questionamentos está o número de coveiros disponíveis e a capacidade em suas unidades locais.

Além disso, caminhões frigoríficos, que vão servir de necrotérios para cadáveres, já começaram a estacionar em hospitais do Rio que possuem pacientes com o coronavírus.

Na terça-feira, a Prefeitura do Rio de Janeiro decidiu acelerar o processo burocrático de enterro de corpos, autorizando que funerárias possam emitir atestado de óbitos.

*Com informações do repórter Rodrigo Viga