Em aproximação com o Centrão, governo acerta troca de vice-líderes na Câmara

  • Por Jovem Pan
  • 09/07/2020 06h46 - Atualizado em 09/07/2020 08h04
Luis Macedo/Câmara dos DeputadosO deputado Daniel Silveira, que fará parte da troca, afirma que entende a importância de ampliar o espaço na Casa e disse que não se importa em deixar o cargo

A aproximação entre o Planalto e o centrão deve se intensificar nos próximos dias com a troca de três vice-líderes do governo na Câmara dos Deputados. Entre eles, o deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ), alvo dos inquéritos das fake news e de incitação a atos pró-ditadura no Supremo Tribunal Federal. Em entrevista ao programa Os Pingos Nos Is, da Jovem Pan, Daniel ressaltou que entende a importância de ampliar o espaço na Casa e disse que não se importa em deixar o cargo.

Outro fator para a dança das cadeiras é tirar de cena nomes que entram em polêmicas com outros Poderes em um momento em que o próprio presidente tenta reconstruir as relações com o Legislativo e o Judiciário. Quem se antecipou à mudança foi deputado Otoni de Paula (PCS-RJ). Também em entrevista ao programa, o parlamentar confirmou que se antecipou e pediu afastamento temporário da vice-liderança do governo.

A atitude ocorreu após ele publicar um vídeo criticando o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal. Na gravação, Otoni de Paula chamou o ministro de “lixo”, “esgoto do STF” e “canalha”. Otoni disse que as críticas foram motivadas pela injustiça, mas reconheceu que poderia ter usado outros termos.

Nesta quarta-feira, o presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, negou um pedido apresentado pela defesa de Sara Winter para afastar o ministro Alexandre de Moraes do inquérito que apura o financiamento e organização de atos antidemocráticos. Segundo os advogados, Moraes estaria impedido de atuar no procedimento porque seria “inimigo declarado” da investigada. Foi por decisão de Moraes, inclusive, que a líder do grupo “300 do Brasil” chegou a ser presa preventivamente em junho.

*Com informações da repórter Letícia Santini