China já ensina programação de computadores para crianças de oito anos

  • Por Jovem Pan
  • 16/12/2019 07h26
PixabayO Centro Educacional de Pequim inclui atividades com blocos de montar, que exercita habilidades de programação para crianças menores de 6 anos

Em um século de avanços tecnológicos e aprimoramento da inteligência artificial, a China investe no aprendizado do futuro da nação: as crianças.

Desde 2017 o país tem feito grandes investimentos em robótico e inteligência artificial. Foi estabelecido um plano de desenvolvimento para que cursos de programação sejam ministrados em escolas primárias e secundárias.

Porém, um número crescente de crianças está aprendendo a programar antes mesmo de iniciar a vida estudantil.

Em 2017 o valor do mercado chinês de Educação e programação para crianças foi de mais de R$ 4 bilhões. A expectativa é de que esse mercado aumente, em 2020, para R$ 22 bilhões.

O Centro Educacional de Pequim inclui atividades com blocos de montar, que exercita habilidades de programação para crianças menores de 6 anos.

Segundo o gerente geral da escola, algumas dessas crianças aprendem mais rápido do que os adultos.

*Com informações da repórter Livia Fernanda