CIEE apresenta plano para ao governo para empregar 400 mil jovens

  • Por Jovem Pan
  • 21/04/2020 06h58 - Atualizado em 21/04/2020 08h39
PixabayO Superintendente do CIEE avalia que, na quarentena, os jovens devem procurar capacitação através da internet

O CIEE apresentou ao governo uma proposta para geração de 400 mil empregos aos jovens. O Superintendente do Centro de Integração Empresa-Escola, Humberto Casagrande Neto, explica modelo exposto ao Ministério da Economia.

“Utilizar 1% dos recursos destinados ao combate ao coronavírus segundo o Ministério da Economia, que seria R$ 600 bilhões no total. Se tivéssemos R$ 6 bilhões nós conseguiríamos criar rapidamente, em uns 60 dias, 400 mil empregos para os jovens que estão na fila.”

Casagrande considera a proposta mais efetiva que o contrato Verde e Amarelo, que deve caducar no Senado. “Um aprendiz custa, por dois anos, R$ 30 mil. Se contratar 400 mil pelo mesmo período eles custariam R$ 12 bilhões. Se o governo pagasse metade disso e as empresas o resto, eles teriam a despesa de R$ 6 bilhões.”

O Superintendente do CIEE avalia que, na quarentena, os jovens devem procurar capacitação através da internet para uma inserção no mercado de trabalho pós pandemia.

*Com informações do repórter Marcelo Mattos