Ciro promete, se eleito, zerar déficit público e criar dois milhões de empregos no 1º ano de mandato

  • Por Jovem Pan
  • 25/09/2018 06h47 - Atualizado em 25/09/2018 08h44
Jose Lucena/Estadão Conteúdo"Dois milhões de empregos tenho como dizer que posso produzir no primeiro ano", disse

O candidato do PDT à Presidência, Ciro Gomes, disse nesta segunda-feira (24), no Rio de Janeiro, que, se conseguir implementar medidas fiscais previstas por ele no começo de seu Governo, vai zerar o déficit fiscal do país, e o Brasil estará apto a crescer mais de 5% a partir de 2020.

Ele esteve em Madureira nesta segunda fazendo campanha. Ele prometeu, se eleito, acabar com o desequilíbrio fiscal e para isso tributará lucros e dividendos das empresas, heranças, e com um pente-fino na dispensa de pagamentos de impostos por parte de multinacionais.

Segundo ele, isso aumentaria a receita do Governo entre R$ 70 bilhões e R$ 80 bilhões. Desta forma será possível, de acordo com Ciro, impulsionar o crescimento e reduzir a fila do desemprego: “dois milhões de empregos tenho como dizer que posso produzir no primeiro ano, mas se eu tiver êxito na questão fiscal pode pensar em crescer em 2020 mais de 5%”.

Ciro afirmou ainda que se for eleito metade de seus Ministérios será composta por mulheres.

Confira a cobertura completa das Eleições 2018

*Informações do repórter Rodrigo Viga