Ciro questiona instituto de pesquisa: ‘Será que está imune ao poder do dinheiro e da corrupção?’

  • Por Jovem Pan
  • 26/09/2018 06h36
Carlos Arthur/Estadão ConteúdoCiro argumentou que os institutos de pesquisa não podem escolher os candidatos para os eleitores e lembrou sobre três debates na próxima semana

O candidato do PDT à Presidência, Ciro Gomes, afirmou, nesta terça-feira (25), que a eleição está aberta, apesar das pesquisas apontarem certo favoritismo para Fernando Haddad e Jair Bolsonaro.

Ciro argumentou que os institutos de pesquisa não podem escolher os candidatos para os eleitores e lembrou sobre três debates na próxima semana nas maiores redes de televisão do País, e que há um grande número de indecisos.

O presidenciável, para tetar minimizar os resultados de pesquisa, lembrou que em 2014, o segundo turno que era apontado era com Dilma Rousseff e Marina Silva.

Neste país se compra e se vende até deputado, será que instituto de pesquisa está imune ao poder avassalador do dinheiro e da corrupção no Brasil? É bom a gente pensar um pouco”, disse.

Confira a cobertura completa das Eleições 2018

*Informações do repórter Rodrigo Viga