Clientes reclamam por falta de resposta de sites de busca de passagens devido ao coronavírus

  • Por Jovem Pan
  • 17/03/2020 07h20 - Atualizado em 17/03/2020 08h50
PixabayNo seu site, a Decolar.com pede que o cliente verifique os destinos -- seja para a Europa, para a China e outros lugares -- para saber o que fazer

Os brasileiros que compraram passagens ou reservaram hotéis pelos sites de busca de passagens e viagens estão sem saber o que fazer. Isso porque eles não conseguem uma resposta clara e rápida dessas empresas.

Thiago Almeida é jornalista e mora em Cuiabá, no Mato Grosso. Ele esta com uma viagem comprada para Buenos Aires no final do mês e, até agora, não teve nenhum posicionamento por parte do site de venda de passagem.

Julia Varella é autônoma e mora em Barcelona com o namorado. Ela veio ao Brasil para o casamento do pai e comprou as passagens pelo site Decolar.com.

Depois da pandemia do coronavírus ela tentou entrar em contato com a empresa, mas ficou sem resposta e teve que ir para o aeroporto para tentar embarcar.

“Já mudaram meu voo três vezes, eu estava com um voo marcada para domingo. Eu estou ligando no atendimento ao cliente e só dá ocupado. Eu ligo no SAC e eles falam que não tem como resolver. Estou indo para o aeroporto sem saber se vou embarcar ou não.”

No final das contas Julia conseguiu embarcar, mas por outra companhia aérea e sem custo adicional.

O advogado Arthur Rollo, especialista em direito do consumidor, fala o que o cliente deve fazer caso tenha comprado passagem ou reservado hotel pela Decolar.com.

“A recomendação que a gente dá é formalizar perante a empresa o pedido de adiamento da viagem, principalmente se você está no grupo de risco.Se você não está conseguindo fazer pelos meios usuais, você pode fazer por escrito para o site da Decolar.com.”

No seu site, a Decolar.com pede que o cliente verifique os destinos — seja para a Europa, para a China e outros lugares — para saber o que fazer. A empresa pede também que a pessoa revise suas opções de alteração e cancelamento que foram atualizadas na aba Minhas Viagens.

*Com informações do repórter Victor Moraes