Clima tenso deve ser o tom da reta final da eleição em segundo turno nos Estados

  • Por Jovem Pan
  • 22/10/2018 07h35
Elza Fiúza/ABr urna No próximo domingo (28), os eleitores de 13 Estados e do Distrito Federal definem os próximos governadores

Cientistas políticos acreditam que os resultados no segundo turno estão quase definidos nos Estados, mas apontam desafios para os candidatos nesta reta final.

No próximo domingo (28), os eleitores de 13 Estados e do Distrito Federal definem os próximos governadores.

Em algumas unidades federativas, como Minas Gerais, Rio de Janeiro e Distrito Federal, a diferença entre os adversários é bastante grande, de acordo com as pesquisas de intenção de voto.

Para o cientista político e advogado, Valdir Pucci, ainda não se pode definir o resultado, mas a situação em alguns locais é de difícil reversão. Ele destacou que o grande desafio dos candidatos com dificuldades nas pesquisas têm sido se apresentar como “diferente”.

Já o Professor Doutor em Comunicação Política da Universidade Presbiteriana Mackenzie, Roberto Gondo, alertou para o acirramento dos ânimos. Ele ponderou que a insegurança em cenários com maior equilíbrio entre os candidatos também amplia o tom agressivo de campanha.

Confira a cobertura completa das Eleições 2018

*Informações do repórter Matheus Meirelles