Colisão entre trens da Supervia, no RJ, será investigada; há hipótese de falha humana

  • Por Jovem Pan
  • 28/02/2019 06h01 - Atualizado em 28/02/2019 08h04
Tânia Regô/AgenciaBrasilUma das hipóteses é de falha humana ou de comunicação. Falhas mecânica e técnica também são analisadas

Terminou em tragédia, nesta quarta-feira (27), no Rio de Janeiro, a colisão entre dois trens na estação de São Cristóvão da Supervia. O maquinista de uma das duas composições morreu e oito passageiros ficaram feridos.

As causas do acidente são investigadas por autoridades competentes e pela Supervia. Uma das hipóteses é de falha humana ou de comunicação. Falhas mecânica e técnica também são analisadas.

O resgate do maquinista durou mais de sete horas. Ele lutou até o fim, foi resgatado com vida, mas morreu após sofrer parada cardíaca, como revelou o capitão dos Bombeiros do RJ, Rodrigo Barbosa: “trabalhei em Brumadinho, em outras tragédias, acho que a gente treina para fazer o nosso melhor, e a gente sabe que esse momento pode acontecer”.

A Supervia e a agência reguladora do setor de transportes abriram investigações para apurar causas do acidente.

*Informações do repórter Rodrigo Viga