Collor responderá ação penal aberta pelo STF sobre propina na BR Distribuidora

  • Por Jovem Pan
  • 16/03/2018 09h02 - Atualizado em 16/03/2018 09h09
Pedro França/Agência SenadoCollor é acusado pela Operação Lava Jato de ser o beneficiário de um esquema de corrupção na BR Distribuidora, subsidiária da Petrobras

O senador da República Fernando Collor de Melo (PTC-AL) passa a responder a ação penal aberta pelo Supremo Tribunal Federal esta semana.

Collor é acusado pela Operação Lava Jato de ser o beneficiário de um esquema de corrupção na BR Distribuidora, subsidiária da Petrobras.

De acordo com os procuradores, o senador usou influência política do PTB, seu antigo partido, sobre a estatal. Isso teria resultado em negociações de R$ 29 milhões em propina.

A ação contra Fernando Collor foi aberta apenas sete meses depois da Segunda Turma do STF receber a denúncia. Isso ocorreu por conta de recursos contra a decisão que adiaram o início do processo, mas terminaram rejeitados.

*Informações do repórter Fernando Martins