Com denúncia em análise, base do Governo fica menor no Congresso

  • Por Jovem Pan
  • 27/09/2017 06h28 - Atualizado em 27/09/2017 11h34
O PSB já decidiu na Executiva Nacional que sai do Governo e começa fechando questão pela abertura do processo contra Temer

A base política do presidente Michel Temer passa por novo debate e fica menor no Congresso. Além do PSDB, antigos governistas questionam esse apoio ao Governo. Nem todos os peemedebistas estão na base. O DEM também anda dividido e briga com o PMDB.

O PSB já decidiu na Executiva Nacional que sai do Governo e começa fechando questão pela abertura do processo contra Temer e os ministros Moreira Franco e Eliseu Padilha. A sigla prometeu expulsar quem votas contra a abertura do processo.

O deputado Júlio Delgado (PSB-MG) alertou que é um movimento forte para a oposição: “é um reencontro do partido com suas bases que já tinham esse sentimento. O Diretório Nacional fecha questão com relação aos votos no plenário e na CCJ de acordo com o prosseguimento da denúncia”.

Deputados dos partidos que decidiram abandonar o apoio ao Governo, mas querem continuar no bloco governista, começam a sair dos partidos e querem fazer mudança. Isso é o que provoca disputas acirradas, por exemplo, entre DEM e PMDB.

*Informações do repórter José Maria Trindade