Com prisão de José Dirceu, cúpula do PT está atrás das grades

  • Por Jovem Pan
  • 19/05/2018 08h48
Lula MarquesEx-ministro de Lula e Dilma, José Dirceu foi condenado a 30 anos e 9 meses de prisão

O homem forte do primeiro governo Lula, José Dirceu, já está preso na Papuda e ao sair para se entregar na Polícia Federal ouviu da ex-mulher que não seria mais solto. Além da sentença de 30 anos e 9 meses de prisão José Dirceu tem mais um processo e um inquérito em andamento. O PT foi preso pela cúpula.

O ex-presidente Lula tinha José Dirceu com uma espécie de primeiro-ministro que chegava a convocar colegas na Esplanada para dar explicações na Casa Civil, como se fosse o chefe de governo.

Nas Finanças, o ex-ministro Antonio Palocci, que era forte nos governos do PT também está preso em busca de uma difícil delação premiada, que fica enroscada na dificuldade de Palocci em aceitar as regras de devolução de milhões adquiridos na carreira, que ele chama de Empresarial Paralela, mas que para Polícia Federal é uma continuidade da força do governo, ou seja corrupção.

Apesar da visibilidade do PT, o PP é o partido com maior número de investigados e condenados pela Lava Jato e o MDB vem em seguida, mas está blindado pelo foro privilegiado.

*Com informações do repórter José Maria Trindade