Com promessa de troca de tecnologia, FAB recebe primeiro caça Gripen

  • Por Jovem Pan
  • 11/09/2019 07h27
EFEUma fábrica já está sendo montada em São Bernardo do Campo, na região metropolitana de São Paulo, para produzir parte das aeronaves

Foi entregue nesta terça-feira (10) à Força Aérea Brasileira o novo modelo Gripen de avião de caça. A empresa sueca Saab apresentou a primeira das 36 aeronaves que o Governo brasileiro comprou em 2014 para reequipar a frota da aeronáutica.

A cerimônia foi realizada na Suécia e contou com a presença do ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva. O voo inaugural durou cerca de uma hora e serviu para que os engenheiros avaliassem o manuseio básico e o comportamento do caça em diferentes altitudes e velocidades.

A partir de agora, a nova fase do programa são os ensaios de voo,que, inicialmente, serão feitos na Suécia até 2020. Só depois a aeronave virá para o Brasil para dar continuidade nos testes.

A expectativa é que, em 2021, 15 aeronaves sejam produzidas em território brasileiro. A Saab afirmou que este foi o maior negócio da instituição e observou que mais de 350 brasileiros participarão ativamente do programa de transferência de tecnologia.

Uma fábrica já está sendo montada em São Bernardo do Campo, na região metropolitana de São Paulo, para produzir parte das aeronaves.

Durante o evento de entrega, o ministro da Defesa, Fernando Azevedo Silva, ressaltou os benefícios do projeto. “Aumentamos a capacidade operacional da FAB e impulsionamos uma parceria que garante transferência de tecnologia para o Brasil.”

Apesar de já estar encaminhado, o programa pode ser atingido pela retração econômica e sofrer com os cortes orçamentários.

*Com informações da repórter Camila Yunes