Comércio reabre com restrições nesta quarta na cidade de São Paulo

  • Por Jovem Pan
  • 10/06/2020 07h02 - Atualizado em 10/06/2020 08h02
Reprodução/TV GloboA reabertura do comércio vem depois da colocação da cidade de São Paulo dentro da chamada área laranja pelo Governo do Estado, o que permite a medida pelo município

A Prefeitura de São Paulo decidiu reabrir com restrições o comércio de rua e as imobiliárias a partir desta quarta-feira . As lojas vão funcionar das onze da manhã às três da tarde; as imobiliárias podem ter expediente de quatro horas por dia, desde que fora do horário de pico dos transportes.

Todos os lugares são obrigados a respeitar regras como a obediência ao isolamento social entre os clientes e o oferecimento de produtos de higiene das mãos.

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas ressalta que, por mais que a transmissão esteja controlada na capital, a cidade ainda está em quarentena. Ele também explicou que conta com a população para a fiscalização do comércio.

A reabertura do comércio vem depois da colocação da cidade de São Paulo dentro da chamada área laranja pelo Governo do Estado, o que permite a medida pelo município.

O prefeito Bruno Covas deve assinar nesta quarta-feira (10) o protocolo para a reabertura dos shopping centers. Dessa maneira, os centros de compras devem receber o público na quinta, também com limitações de horário e funcionamento.

Com o relaxamento da quarentena imposta pela Covid-19, o Ministério Público de São Paulo abriu inquérito recomendando que ônibus, trens e metrô operem com 100% da frota. A medida visa evitar aglomerações; o próprio prefeito disse que vai trocar o secretário municipal de transportes caso os coletivos continuem circulando com passageiros em pé.

*Com informações do repórter Leonardo Martins