Comissão que analisa impeachment de Crivella ouve testemunhas de acusação nesta semana

A tendência é que a comissão formada por três vereadores seja favorável ao impeachment

  • Por Jovem Pan
  • 06/05/2019 06h17 - Atualizado em 06/05/2019 10h49
Arquivo/Agência BrasilCrivella terá a chance de se defender na semana que vem, quando testemunhas de defesa serão ouvidas pela comissão

O processo de impeachment do prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, ganha um novo capítulo a partir desta semana. Os integrantes da comissão processante começarão a ouvir testemunhas de acusação favoráveis ao impeachment do prefeito.

O pedido de impeachment se deu por conta da renovação automática de contrato de publicidade com duas empresas no valor de R$ 400 milhões, mas elas devem à Prefeitura. Crivella se defende dizendo que havia parecer favorável da Procuradoria do município e que a renovação automática acontecia desde a década passada.

Crivella terá a chance de se defender na semana que vem, quando testemunhas de defesa serão ouvidas pela comissão. O prefeito poderá comparecer à Câmara Municipal do Rio, mas isso é considerado pouco provável.

A tendência é que a comissão formada por três vereadores seja favorável ao impeachment, mas para que ele seja afastado ainda há uma nova etapa.

Os trabalhos da comissão processante terminam até 04 de julho e depois o relatório final será encaminhado ao plenário da Câmara. Para Crivella ser afastado serão necessários dois terços dos votos da Casa, ou seja, 34 votos favoráveis.

*Informações do repórter Rodrigo Viga