Comitiva vai aos EUA conhecer modelos de redes privativas de 5G

Expectativa do governo é que o leilão aconteça em julho; edital está sendo analisado pelo TCU e deve ser liberado em breve

  • Por Jovem Pan
  • 03/06/2021 11h25 - Atualizado em 03/06/2021 12h54
Carolina Antunes /PRMinistro afirma que o 5G será 100 vezes mais rápido que o 4G, o que vai revolucionar diversos setores da economia

O ministro das Comunicações, Fábio Faria, anunciou nesta quarta-feira, 3, que uma comitiva com integrantes do governo, do Tribunal de Contas da União e parlamentares vai aos Estados Unidos para conhecer modelos de redes privativas de 5G. O embarque será no domingo e o retorno no dia 11. Entre os compromissos, constam visitas ao FBI e à CIA — além de reuniões nas empresas americanas de telecomunicações. Estarão na comitiva os senadores Flávio Bolsonaro e Ciro Nogueira, que integram as comissões de Assuntos Econômicos e de Relações Exteriores do Senado, e também os ministros do TCU Walton Alencar, Raimundo Carreiro e Bruno Dantas.

Além de servidores do Ministério da Defesa, do Gabinete de Segurança Institucional e de outros órgãos ligados à Presidência da República. Faria afirma que o objetivo da viagem é acelerar a implementação do 5G no Brasil e garante que todas as capitais do país terão acesso à nova tecnologia em 2022. “Isso está nos nossos compromissos. Até julho do ano que vem nós teremos o 5G em todas as capitais. Independente se atrasar um mês, a gente consegue se adequa. As próprias operadoras já falaram isso. Até o ano que vem, todas as 27 capitais terão o 5G que pode conectar coisas.” O ministro afirma que o 5G será 100 vezes mais rápido que o 4G, o que vai revolucionar diversos setores da economia. A expectativa do governo é que o leilão aconteça em julho. O edital está sendo analisado pelo TCU e, segundo Faria, deve ser liberado nas próximas semanas.

*Com informações do repórter Daniel Lian