Maior concessão rodoviária do Brasil começa a operar lote Piracicaba-Panorama

  • Por Jovem Pan
  • 05/06/2020 06h27 - Atualizado em 05/06/2020 08h18
Diogo Moreira/A2 FOTOGRAFIA/FotosPúblicasA administração do trecho será realizada por 30 anos, com um investimento de R$ 14 bilhões

Começou na quinta-feira (4) a operação privada da maior concessão rodoviária do Brasil em meio a um cenário econômico crítico por causa da pandemia da Covid-19.  A operadora Eixo SP iniciou a administração do lote Piracicaba-Panorama, que compreende três estradas do Oeste Paulista.

Fiscalizada pela Agência de Transporte do Estado de São Paulo (ARTESP), a administração do trecho será realizada por 30 anos, com um investimento de R$ 14 bilhões. Em evento promovido pela FGV, a diretora de Assuntos Institucionais da ARTESP, Renata Dantas, disse que só essa concessão já está gerando muitos postos de trabalho.

Ainda é cedo para dizer, no entanto, como a pandemia pode continuar impactando no setor de infraestrutura. Segundo o diretor da Agência Nacional de Transportes Terrestres, Davi Barreto, a última semana de maio foi mais movimentada nas principais rodovias do país. Para ele, isso significa que o setor está começando a se recuperar e traz otimismo.

De acordo com a FGV, o Brasil tem o maior programa de concessão de rodovias do mundo, mas ao mesmo tempo, possui somente 12,4% da malha pavimentada. No total, quase 90% das estradas brasileiras ainda são administradas pelo poder público.

*Com informações da repórter Letícia Santini