Confrontos entre facções e PMs deixam quase 10 mil alunos sem aulas no RJ

  • Por Jovem Pan
  • 05/09/2017 08h48 - Atualizado em 05/09/2017 11h34
Marcos Santos/USP ImagensQuatorze escolas, seis creches e quatro espaços de desenvolvimento infantil não abriram suas portas nesta segunda (04)

Quase dez mil alunos ficaram sem aulas nesta segunda-feira (04) no bairro de Santa Cruz, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, por conta do clima tenso que vem desde o final de semana, com confrontos entre facções rivais, Polícia e traficantes e milicianos.

Quatorze escolas, seis creches e quatro espaços de desenvolvimento infantil, além de seis postos de atendimento à saúde também não funcionaram. Os moradores estão assustados e dizem que corpos estão abandonados dentro das comunidades Rola e Antares.

A Polícia Militar não confirma, mas diz que nas comunidades há guerra entre milicianos que tentam expulsar traficantes do comando do tráfico de drogas.

Foram poucos os dias que as escolas públicas do RJ funcionaram integralmente, no máximo, cerca de dez dias.

*Informações do repórter Rodrigo Viga