Confrontos entre Polícia e traficantes encerram trégua de dois dias na Rocinha

  • Por Jovem Pan
  • 16/10/2017 06h48 - Atualizado em 16/10/2017 11h37
Agência EFEO final de semana teve registros de novos confrontos entre policiais e traficantes

O clima de aparente paz na Rocinha durou apenas dois dias, quinta e sexta-feira. O final de semana teve registros de novos confrontos entre policiais e traficantes. Inclusive, na madrugada de sábado (14), bandidos jogaram uma granada contra policiais que faziam uma patrulha de rotina, próximo a uma UPP.

Bandidos também trocaram tiros com PMs em uma localidade conhecida como Beco 199. Já no fim da noite de sábado, policiais do BOPE foram recebidos a tiros por um grupo de criminosos na Rocinha.

Neste domingo (15), moradores relataram ter ouvido tiros de fuzis, provavelmente disparados por traficantes da comunidade na zona sul da capital.

A atuação da Polícia Militar, volta e meia juntamente com as Forças Armadas, começou no dia 18 de setembro e até este final de semana foram 27 prisões, sete menores apreendidos, dez criminosos mortos, 19 fuzis e três metralhadoras apreendidas, além de granadas, munições pistolas e duas toneladas de drogas.

Outros casos de violência

Um morador do Complexo do Alemão, identificado como Jackson de Souza Cordeiro, de 25 anos, foi baleado no quintal de sua casa neste domingo. O tiro foi proveniente entre troca de tiros entre policiais e bandidos. Ele foi levado para uma Unidade de Pronto Atendimento e passa bem.

Na Linha Amarela, um PM foi baleado por bandidos que furaram uma blitz. Houve perseguição, e os criminosos conseguiram fugir.

Depois, a Polícia fez uma operação no Conjunto da Maré e conseguiu apreender um fuzil.

Somente neste ano, quase 370 fuzis já foram apreendidos em poder de traficantes, ou seja, mais de um por dia.

*Informações do repórter Rodrigo Viga