Maia e Alcolumbre iniciam discussão sobre mudança na data da eleição

  • Por Jovem Pan
  • 20/05/2020 06h42 - Atualizado em 20/05/2020 07h27
Tiago Hardman/Futura Press/Estadão ConteúdoTSE estuda novas normas para eleições municipais diante da pandemia

O Congresso avança na direção de adiar as eleições municipais deste ano. O entendimento é que a pandemia da Covid-19 dificulta tanto as campanhas eleitorais como a realização da votação.

O presidente do Senado Davi Alcolumbre se reuniu com o ministro Luís Roberto Barroso, que no fim do mês toma posse como presidente do Tribunal Superior Eleitoral. Ele também conversou com o presidente do STF Dias Toffoli. Alcolumbre disse que a criação de uma proposta vai ser discutida.

Para que a data da eleição mude, no entanto, é preciso aprovar uma Proposta de Emenda à Constituição, com o apoio de três quintos dos deputados e dos senadores. Os partidos já são favoráveis à mudança, que encontra quase unanimidade dentro das bancadas.

No momento, o primeiro turno está previsto 4 de outubro e o segundo, para o dia 25 em cidades com mais de 200 mil eleitores. Mas segundo o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, isso não vai alterar os mandatos de prefeitos e vereadores que terminam no fim do ano.

*Com informações do repórter Levy Guimarães