Conselho de Ética da Alerj se reúne nesta sexta para discutir pedido de cassação de deputados presos

  • Por Jovem Pan
  • 23/11/2018 06h33
Reprodução/Site OficialPicciani está em prisão domiciliar graças a uma decisão do ministro do STF Gilmar Mendes. Já Melo e Albertassi estão detidos em Bangu

Somente um ano depois de uma operação da Lava Jato no Rio de Janeiro que levou o núcleo duro do MDB no Estado e na Alerj é que a Assembleia vai começar a discutir a possibilidade de cassação dos mandatos de Paulo Melo, Edson Albertassi e Jorge Picciani.

O Conselho de Ética vai se reunir nesta sexta-feira (23) para discutir o pedido de cassação dos três parlamentares. Picciani está em prisão domiciliar graças a uma decisão do ministro do STF Gilmar Mendes. Já Melo e Albertassi estão detidos em Bangu.

Os três foram presos na Operação Cadeia Velha, em novembro do ano passado, que descobriu esquema de propina ligando empresários aos deputados. Eles são acusados de lavagem de dinheiro, organização criminosa e corrupção.

Além deles, o Conselho de Ética também vai analisar pedidos contra outros deputados presos no dia 08 deste mês na Operação Furna da Onça, que mirou mais sete parlamentares.

*Informações do repórter Rodrigo Viga