Conselho Nacional de Trânsito concede novo prazo para adoção de placas com padrão Mercosul

  • Por Jovem Pan
  • 05/12/2018 07h21 - Atualizado em 05/12/2018 09h35
Gabriel Jabur/Agência BrasíliaO padrão será obrigatório em todos os carros a partir de 2023, mas já valerá para os novos registros e transferências de domicílio, algo já presente no Rio

Contran concede novo prazo para adoção das placas de veículos com padrão Mercosul. Após imbróglio jurídico, o Conselho Nacional de Trânsito alongou a implantação do modelo, inicialmente obrigatório em todos os Estados, a partir de 1º de dezembro.

Uma resolução publicada no Diário Oficial da União cria um calendário aos Estados: o Rio de Janeiro, 03 de Dezembro, e São Paulo, que concentra a maior frota do país, até o dia 31 de Dezembro.

O padrão será obrigatório em todos os carros a partir de 2023, mas já valerá para os novos registros e transferências de domicílio, algo já presente no Rio.

As diferenças estão no fundo branco das placas, posição dos números e letras, e as inserções do chip eletrônico e código de barras. As informações do veículo poderão ser usadas pelas polícias Federal, Rodoviária Federal e estaduais e a Receita Federal.

No fim de outubro, o presidente do Superior Tribunal de Justiça, ministro João Otávio de Noronha, suspendeu a liminar do Tribunal Regional Federal da Primeira Região, que impedia as novas placas.

Segundo o Ministério das Cidades, a retirada dos brasões do município e Estado trará economia para o proprietário do veículo, pelas mudanças nos emplacamentos e agora o modelo é único.

*Informações do repórter Marcelo Mattos