Setor da construção civil registra mortes causadas pela Covid-19

  • Por Jovem Pan
  • 20/05/2020 06h49 - Atualizado em 20/05/2020 07h33
Arquivo/Agência BrasilAo menos 44 operários da construção civil morreram em decorrência da Covid-19 na Região Metropolitana de São Paulo

Ao menos 44 operários da construção civil morreram em decorrência da Covid-19 na Região Metropolitana de São Paulo. Cerca de 13 familiares desses profissionais também faleceram por causa da doença.

Os dados foram divulgados nesta terça-feira (19) em uma nota assinada por cinco sindicatos do setor. O texto diz que o levantamento foi feito informalmente e que não há evidências de que as mortes e os contágios registrados estejam diretamente ligados às atividades profissionais nas obras.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Civil de São Paulo, Antônio Sousa Ramalho, afirmou que a entidade recomenda, além do uso de máscaras e de álcool gel, que os trabalhadores sejam testados. Ele disse ainda que o sindicato recomenda um rodízio entre os trabalhadores nas obras, para que não haja aglomeração.

Ainda na nota divulgada nesta terça-feira (19), os cinco sindicatos ligados à construção civil disseram que desde o início da pandemia foi instalado um Comitê Permanente para tratar da saúde dos trabalhadores.

O documento diz ainda que eles adotaram uma série de ações de conscientização para que, nos canteiros de obras, os trabalhadores tirem a temperatura, higienizem as mãos, usem as máscaras e que evitem aglomerações na entrada, na saída e nas áreas de convivência.

*Com informações da repórter Nicole Fusco